Don't know

Tanta coisa mudou que não sei bem por onde começar. Passaram-se anos aliás desde a última vez que enchi este canto com as minhas palavras, essas que me escaparam durante muito tempo, essas que me desgastaram o pensamento mas nunca as mãos, essas que nem levaram a criar este meu jeito de escrever, essas palavras mesmas que me trazem aqui hoje. Senti um vazio, longe do que me faz bem, longe da escrita, do que me dá sentido, caminho, luz. Escrever é sem duvida o que mais gosto de fazer no mundo, nunca vou conseguir perceber o porquê de ter parado de o fazer, de me ter isolado apenas nos meus pensamentos... cansei-me de pensar, de não soltar o que atormentava a minha alma. Sozinha volto a mim e a tudo que me faz bem...